--
Cecilia Feder

Osteoporose

Entre os diversos fatores de risco relacionados à osteoporose estão a idade, sexo feminino, fumo, consumo de bebidas alcoólicas, sedentarismo e baixa ingestão dietética de cálcio.

O cálcio é um nutriente essencial para a saúde óssea, sendo que as suas necessidades variam de acordo com a faixa etária. Para adultos acima de 50 anos, a ingestão diária recomendada é de 1200 mg, porém no Brasil os valores consumidos estão abaixo deste valor.

As principais fontes de cálcio na alimentação são os leites e derivados (queijos, requeijão, iogurtes, etc.), além de leguminosas como feijão, ervilha, lentilha e grão de bico e vegetais de folhas verde escuras.

Porém, por ter papel fundamental para a mineralização óssea adequada, a vitamina D não pode ser esquecida. Entretanto, pelo fato das suas fontes alimentares serem escassas, os seres humanos dependem principalmente da produção cutânea pelos raios UVB solares.

Fontes alimentares de vitamina D: óleo de fígado de bacalhau, óleo de salmão, sardinha, atum, peixe branco, ovas de peixe.

Na impossibilidade de fazê‐lo por meio de fontes nutricionais, é recomendável a administração de suplementos de cálcio. Uma avaliação de riscos e benefícios deve ser feita juntamente com o médico e nutricionista.


Veja Também

entre em contato

Preencha o formulário abaixo e entraremos em contato


Cecilia K R Feder | © Todos os direitos resevados
Desenvolvido por &