--
Cecilia Feder

Sobrepeso: O preço da falta de parcimônia

 Publicado por: Cecilia Feder

O sobrepeso é uma condição definida por um excesso de peso. Ele se diferencia da obesidade na medida em que a obesidade é a condição de ser obeso, ou seja, excesso de gordura no corpo, embora ambos possam estar relacionados. Essas condições são definidas através de cálculos proporcionais, envolvendo a medidas gerais do corpo, como altura, peso e dimensões de partes do corpo como tórax, abdome e quadril.

O cálculo mais comum é o IMC - Índice de Massa Corpórea. Esse número pode ser relativo, mas uma pessoa já está considerada na faixa de sobrepeso quando seu IMC atinge 25. A partir dos 30, ela passa a ser considerada obesa. Infelizmente, existe uma colossal faixa da população dentro da condição obesa, e ainda mais na condição de sobrepeso, muito devido aos maus hábitos de alimentação contemporâneos e à rotina agitada das pessoas. Isso caracteriza, segundo a OMS, uma crise epidêmica.

Isso serve de alerta, em particular, ao período de fim de ano, quando devido às festas de Natal e Ano Novo, as pessoas tendem a comer e relaxar demais. Pode parecer algo frívolo, mas não é. Embora a obesidade tenha causas multifatoriais, é importante frisar que se trata de uma condição progressiva.

A obesidade é a proverbial "bola de neve": quando relaxamos e comemos demais, ganhamos peso. E porque ganhamos peso, temos menos estímulo para praticar atividades que nos façam voltar ao peso ideal. Porque temos menos estímulo, engordamos. E conforme ganha-se mais peso, outras condições associadas à obesidade, como diabetes, depressão, mobilidade prejudicada, etc., tornam cada vez mais difícil revertê-la.

Por isso, a abordagem ideal é a prevenção. Sim, a fartura é sempre atraente - particularmente nesse período do ano, quando desejamos celebrar. Mas é preciso lembrar que os exageros podem cobrar caro do corpo. Festeje, mas com parcimônia e comedimento. Foque-se em uma alimentação balanceada, que compense pelas comidas menos nutritivas oferecidas nessa época. Além de, claro, nunca deixar de praticar atividades físicas regulares.

E se você já sofre com o sobrepeso ou obesidade, o ideal é buscar acompanhamento nutricional e endocrinológico, para entender o que há com seu corpo e como fazer para buscar seu peso ideal. A Dra. Cecília Feder está pronta para tirar qualquer dúvida sobre o tema. Entre em contato e agende sua consulta.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cecilia K R Feder | © Todos os direitos resevados
Desenvolvido por &